Translator

[Notícias] Edson Celulari grava cenas de "Beleza Pura"

Um flagra que coloca Guilherme – personagem de Edson Celulari - na maior saia justa. A cena citada acima, gravada nesta quarta-feira, 16, é da próxima novela das sete “Beleza Pura”, que estréia dia 18 de fevereiro. A armação é de Norma (Carolina Ferraz), que é apaixonada pelo moço. Por ciúme e inveja, ela põe Miriam (Elaine Mickely) no caminho de Guilherme. E ela vem a ser a mulher de Milton (Ernani Moraes), chefe do personagem de Celulari.

Ao chegar em seu apartamento, Guilherme dá de cara com a moça e acaba flagrado pelo patrão. Para Edson Celulari, a trama, segundo ele, um folhetim, tem tudo para ser um sucesso. “Faço um homem solteiro, mulherengo, mas ao mesmo tempo responsável e com muito humor”. Na história, ele também vive uma relação de gato e rato com Sônia (Christiane Torloni) por quem se interessa num primeiro momento, mas depois se apaixona pela filha abandonada dela, Joana (Regiane Alves).

Já para Christiane Torloni, que não estava na cena e falou com a imprensa de bobs no cabelo enquanto se arrumava para gravar, o que a atrai mais é o suspense da história, com supervisão de Sílvio de Abreu.

Segundo a atriz, o autor sempre apronta. “Tudo pode acontecer e eu e o Edson estamos pagando para quem souber essa informação”, disse ela sobre a sua personagem que desaparece num acidente de helicóptero, mas que pode surpreender e ressurgir no decorrer da novela.

Outro mistério também é não saber o motivo que a fez abandonar a filha (Joana). “Sempre me chamam para papéis polêmicos, mas nesse caso é menos dramático. É tipo "Sexy and the City", faço também uma mulher independente, de negócios, que cria os filhos para serem assim também”, revelou.

Quanto a Ernani Moraes, para ele o mais divertido é interpretar pela primeira vez um personagem rico. “Rico tem muito mais texto em novela, pobre fala pouco”, brinca ele dizendo que faz o segundo personagem traído pela mulher de sua carreira.

Já para a Regiane Alves, que chegou agora à noite para gravar as cenas de Joana, uma médica dermatologista, a personagem é uma oportunidade e tanto. “Pela primeira vez sou protagonista. A Joana tem as emoções a flor de pele e imagina a mãe como uma personagem de conto de fadas”, disse ela, que mudou o tom do cabelo para dar leveza ao papel diferente das vilãs que já interpretou. “É um desafio e quando se tem a chance a gente agarra. Tem toda uma ansiedade”, afirma ela, revelando que vai sofrer nas mãos de Norma. “Ela fará de tudo para afastá-la de Guilherme”, diz. “Quando ela descobre que a mãe morreu num acidente, descobre o grande amor de sua vida e Norma armará para que Joana ache que ele tem a ver com a tragédia e só me chamará de pequena órfã”.

fonte: Ego

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO